La preservación de la memoria institucional de los proyectos universitarios a través del sistema de información de archivos abiertos (OAIS)

Autores/as

  • Gilberto Fladimar Rodrigues de Viana Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP - MARILIA, SP
  • Telma Campanha de Carvalho Madio Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - Marília/SP
  • Daniel Flores Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.54886/ibersid.v8i0.4136

Palabras clave:

Archivos universitarios, Universidad Federal de Santa María (Brasil), Archivos digitales, OAIS, Memoria institucional

Resumen

Se aborda la preservación de la memoria institucional de la Universidade Federal de Santa María (UFSM) de Brasil, que consta de los proyectos desarrollados en la institución y considerados patrimonio documental. Los datos de dichos proyectos se almacenan en la base de datos de la institución, denominada Sistema de Información para la Enseñanza (SIE), en funcionamiento desde 1992. Se analizan las implicaciones teóricas y prácticas de los conceptos de memoria institucional, base de datos y medios digitales, y de la aplicación del estándar NBR 15472 que especifica el modelo del sistema archivo abierto de información (SAAI), con énfasis en su sección 4.

Biografía del autor/a

Gilberto Fladimar Rodrigues de Viana, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP - MARILIA, SP

Possui Graduação em Arquivologia (Bacharelado) pela Universidade Federal de Santa Maria (1986); Especialização em Administração - Qualidade na Administração do Programa de Pós-Graduação em Administração do Centro de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Federal de Santa Maria (2002); Especialização em Engenharia de Produção - Agente de Inovação e Difusão Tecnolológica do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção do Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Santa Maria (2007); Mestrado em Patrimônio Cultural do Programa de Pós-Graduação Profissional em Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Santa Maria(2011). Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP - MARILIA, SP. Servidor técnico-adminstrativo-nível superior/arquivista da Universidade Federal de Santa Maria. Experiência na área de Administração, com ênfase em gerenciamento de informação sobre de Projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Telma Campanha de Carvalho Madio, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - Marília/SP

Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985), especialização em Arquivo pelo IEB/USP (1988), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2005). Atualmente é professora assistente do Departamento de Ciência da Informação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP/Campus Marília, ministrando aulas na graduação e pós. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Arquivologia, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, acervos audiovisuais e conservação preventiva.

 

TELMA CAMPANHA DE CARVALHO MADIO

She has a degree in History by Pontifícia Universidade Católica ofSão Paulo(1985), specialization in Archive by IEB / USP (1988), master's degree in History by Pontifícia Universidade Católica ofSão Paulo(1999) and doctoral degree in Communication Science byUniversityofSao Paulo(2005). Nowadays she is an assistant professor in the Department of Information Science, at Faculdade de Filosofia e Ciências of UNESP/Campus Marília. She has experience in the field of Information Science, with emphasis on Arquivology, acting mainly on: photography, audiovisual collections and preventive conservation.

 

TELMA CAMPANHA DE CARVALHO MADIO

Graduada en Historia egresada de la Pontificia Universidad Católica de São Paulo (1985), Especialista en Archivo en la IEB/USP (1988), Master en Historia en la Pontificia  Universidad Católica de São Paulo (1999) y Doctora en Ciencias de la Comunicación en la Universidad de São Paulo (2005). Actualmente es profesora asistente del Departamento de Ciencia de la Información de la Facultad de Filosofía y Ciencia de la UNESP/Campus Marília. Tiene experiencia en el área de Ciencia de la Información, con énfasis en Archivología, actuando principalmente en los siguientes temas: fotografía, acervos audiovisuales y conservación preventiva.

Daniel Flores, Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil

Daniel Flores concluiu o Doutorado em "Metodologías y Líneas de Investigación en Biblioteconomía y Documentación" - Universidad de Salamanca/España em 2006 (Revalidado/reconhecido no Brasil ao título de Doutor em Ciência da Informação pela UFRJ/IBICT), como bolsista da CAPES Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/MEC, orientado pela Profa. Dra. Manuela Moro Cabero. Desenvolveu estágio de Pós-Doutorado financiado pela Fundação Carolina na Espanha de 2008 a 2009 em Documentos Digitais: Gestão e Preservação. Concluiu o mestrado em Engenharia de Produção na linha de pesquisa Tecnologia da Informação pela UFSM - Universidade Federal de Santa Maria em 2000, tornou-se especialista em Organização de Arquivos pela USP Universidade de São Paulo em 1998, graduou-se como bacharel em Arquivologia em 1998, desde o ano de 1995. É líder do Grupo de Pesquisa em Gestão Eletrônica de Documentos Arquivísticos - GED/A e do Grupo de Pesquisa em Patrimônio Documental Arquivístico registrados no CNPQ e orientou bolsistas de Iniciação Científica. Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Documentação da Universidade Federal de Santa Maria, desde 1998, onde ministrou disciplinas de Arquivística, Preservação Digital, Gestão Eletrônica de Documentos, Bases da GED e suas linhas de pesquisa, Reprografia, Ética e Legislação Arquivística, Tecnologia da Informação I e II, Digitalizaçao de Documentos, Tópicos Avançados de Bancos de Dados para a Arquivologia e orienta Estágios Supervisionados e Trabalhos de Conclusão de Curso, ademais de coordenar Projetos de Pesquisa, Extensão e Ensino. Docente do Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural/PPGPPC-UFSM, participou como docente do Curso de Especialização à distância em Gestão em Arquivos (EAD), do Curso de graduação em Arquivologia/UFSM, do Curso de graduação em Sistemas de Informação da UFSM, do Mestrado em História da UFSM. É Consultor da Capes, membro presencial da Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos - CTDE do CONARQ - Conselho Nacional de Arquivos / Arquivo Nacional. Participou dos Colegiados de Departamento e Colegiado do Curso de Arquivologia, do Conselho do Centro de Ciências Sociais e Humanas e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão-CEPE da UFSM (Conselhos Superiores), ademais de participar de Comissões Permanentes, Comissões de Legislação e Normas, de Ensino e exercer cargos Administrativos como Coordenador e vice-coordenador do Curso de Arquivologia/UFSM, Vice-coordenador do Mestrado em Patrimônio Cultural da UFSM e Chefe substituto do Departamento de Documentação/UFSM. Foi o presidente fundador da Associação dos Arquivistas do Estado do Rio Grande do Sul - AARS em 1999. Orientou Dissertações de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Patrimônio Cultural/UFSM, co-orientou dissertações de mestrado em Engenharia da Produção (Tecnologia da Informação/PPGEP/UFSM), orientou monografias da Especialização em Gestão em Arquivos - EAD/UFSM, além de ter orientado trabalhos de iniciação científica e trabalhos de conclusão de curso nas áreas de Ciência da Informação, Ciência da Computação e Arquivística. Atualmente coordena projetos de pesquisa e extensão. Atua na área de Ciência da Informação, com ênfase em Arquivologia. Em suas atividades profissionais interagiu com colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Documentos Digitais, Preservação Digital, Gestão Arquivística de Documentos Digitais, Estágio Supervisionado, Relatório de Estágio, Sistema de Arquivos, Arquivologia, Arquivística, Projeto de Arquivo, GED, Tecnologia da Informação, Gestão Eletrônica de Documentos, Automação em Arquivos, Documentos Eletrônicos, Digitalização de Documentos e Software Livre.

Publicado

2014-10-06

Cómo citar

Viana, G. F. R. de, Madio, T. C. de C., & Flores, D. (2014). La preservación de la memoria institucional de los proyectos universitarios a través del sistema de información de archivos abiertos (OAIS). Ibersid: Revista De Sistemas De información Y documentación, 8, 103–108. https://doi.org/10.54886/ibersid.v8i0.4136

Número

Sección

Estudios de caso, investigaciones en curso, artículos breves y comunicaciones