Elementos de la teoría semiótica de la percepción de Peirce ?para el desarrollo de interfaces de recuperación de información

  • Fabricio Baptista Instituto Federal do Paraná
  • Carlos Cândido de Almeida Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual Paulista
  • Edberto Ferneda Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual Paulista
Palabras clave: Percepción, Teoría de la percepción, Peirce, Charles Sanders, Interfaces de recuperación de información, Semiótica

Resumen

Se exploran los conceptos básicos de la percepción en Charles Sanders Peirce relacionándolos con los procesos perceptivos que afectan al diseño de interfaces digitales en el campo de la recuperación de información. Se pretenden dar a conocer las bases conceptuales de la semiótica peirceana, junto a otras teorías relacionadas con el proceso perceptivo, como bases teóricas de una Ingeniería Semiótica. Los resultados de la investigación indican que es adecuado considerar los elementos del proceso de percepción recogidos por Peirce y los tipos de mediación (icónica, indicial y simbólica) en la interacción hombre-ordenador. Sintéticamente, se puede observar que la formación del pensamiento comienza por las puertas de la percepción, haciendo relevante su estudio para el desarrollo de interfaces de ordenador, especialmente en el ámbito de la recuperación de información.

Biografía del autor/a

Fabricio Baptista, Instituto Federal do Paraná
Atualmente, é doutorando no Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus Marília e atua como professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná campus Jacarezinho. Possui mestrado em Ciência da Computação pelo Centro Universitário Eurípedes de Marília (2007), Especialização em Engenharia de Software pela Universidade Norte do Paraná (2001) e graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Universidade Norte do Paraná (1999).
Carlos Cândido de Almeida, Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual Paulista
Docente do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista, campus de Marília, com atuação nos cursos de Graduação em Arquivologia e Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - UNESP. Pós-Doutorado em Biblioteconomía y Documentación pela Universidad de Zaragoza, Espanha. Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina. Tem interesse nas áreas: Epistemologia da Ciência da Informação, Semiótica, Comunicação, Organização da Informação, Organização do Conhecimento e Mediação.
Edberto Ferneda, Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual Paulista
Possui graduação em Processamento de Dados pela antiga Fundação Educacional de Bauru (1985). Mestre em Informática pela Universidade Federal da Paraíba (1997) . Doutor em Ciências da Comunicação (Ciência da Informação) pela Universidade de São Paulo (2003). Pós-doutorado pela Universidade Federal da Paraíba (2013). Atualmente é professor do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Julio Mesquita Filho (UNESP) - Campus de Marília. Atua na Ciência da Informação, principalmente nas áreas de Indexação Automática e Recuperação de Informação. Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq - Nível 2.
Publicado
2017-09-15
Sección
Artículos