A pós-graduação e as perspectivas de pesquisa em Ciência da Informação no Brasil

José Augusto Chaves Guimarães, Pedro José Menezes

Resumen


A área de Ciência da Informação no Brasil (envolvendo estudos relativos a Biblioteconomia, Arquivologia e Documentação) vem se consolidando academicamente no decorrer das últimas três décadas, notadamente a partir dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) na área, bem como por um complexo e eficiente sistema governamental de apoio à investigação científica por meio de agências de fomento. Dessa forma, o país pôde construir sua base epistemológica a partir de uma simbiose e da abordagem crítica de distintas influências científicas externas (notadamente inglesas, norte-americanas, francesas espanholas) e de uma reflexão própria sobre aspectos de natureza sócio-econômico-cultural inerentes à realidade brasileira, o que tem contribuído para o diálogo internacional na área, em termos de reflexão teórica e metodológica e contribuído para a participação do Brasil em ações interinstitucionais em âmbito internacional. Desse modo, apresenta-se um panorama do sistema brasileiro de pós-graduação e de incentivo à investigação científica, com especial destaque para a realidade da área de Ciência da Informação, concluindo- se, por um lado, que é ainda insuficiente do número de cursos de mestrado e doutorado existentes face às crescentes demandas de capacitação docente dos cursos de graduação na área e, por outro, que o forte investimento governamental por meio de políticas públicas de apoio à pesquisa, bem como a existência da ANCIB, como espaço acadêmico para reflexão e interlocução da comunidade científica da área, sinalizam para uma efetiva consolidação acadêmica da área no país.

Texto completo:

PDF


Ibersid: revista de sistemas de información y documentación

© 2007-2010